Ricardo Mota
Ricardo Mota
« página inicial do blog
11/05/2012

O enigma e a maldição de Traipu

A situação confusa, do ponto de vista jurídico, vivida por Traipu, um município muito pobre, é emblemática de como as leis são feitas para abrigar as interpretações mais diversas, antagônicas, mesmo.

O atual prefeito Marcos Santos tem sido alvo de várias denúncias do Ministério Público – federal e estadual -, com decisões duras da Justiça – nos dois níveis, também -, ao mesmo tempo em que consegue, através de recursos, voltar quase que às atividades normais. 

Ao cidadão comum fica sempre a indagação: é ele uma vítima de ataques das instituições que o acusam, ou tudo não passa de um grande mal entendido?

Fato é que a cidade de Traipu vem sendo pessimamente administrada há várias gestões. Não apenas o prefeito atual, mas também seus antecessores saíram do cargo sob uma saraivada de denúncias.

Alguns até hoje estão enrolados com a Justiça, Tribunal de Contas – da União, é claro -, mas apostam que bons padrinhos em Brasília podem sempre salvá-los.

A população, muito pobre, beirando a miserabilidade, é apenas refém dos grupos políticos que controlaram e controlam a cidade.

Eis um município esquecido pelos governos, desde sempre, e que só pode ter na Justiça a esperança de viver dias melhores.

Mas a pergunta é: que Justiça, a que prende, a que solta, a que arrasta por anos sem fim um processo, ou simplesmente uma Justiça que venha desfazer o que a política construiu de tão perverso?

Pobre Traipu!

Postado às 20:29, Ricardo Mota 11 comentários postado em Geral |
11 respostas para “O enigma e a maldição de Traipu”

bombando silva escreveu:
11/05/2012 as 21:24

porque será que o povo de traipu defende tanto Marcos Santos? sabemos dos erros dele mais sabemos também que a vereadora Conceição Tavares não é digna se subistituir ele pois ela tem um passado e o presente muito sujo.o povo humilde nunca vai aceitar ela depois de tanta humilhação que ela fez a qui em traipu.

josé a d chaves escreveu:
11/05/2012 as 22:10

O problema não é só da justiça, o que muitas das vezes é obrigada pelas leis que os nossos parlamentares fazem, de propósito, para facilitar àqueles que detém o poder. A única esperança de haver alguma melhora é na hora do voto, o povo se lembrar das falcatruas dos candidatos, e separar e votar somente naqueles que não apresentam um passado manchado.

Jacira Lima escreveu:
11/05/2012 as 23:57

A resposta para sua pergunta meu caro, é a justiça que deixou cair à venda para enxergar interesses obscuros. Na nossa tão querida terrinha a história política é trágica porque todo mundo já esteve com todo mundo. A Conceição Tavares já deu apoio à base política de Marcos Santos. E ela também responde processo por desvio de verbas público quando foi secretária de educação, na gestão de José Afonso.
Aqui as coisas se complicam quando alguém quer tomar o feudo. Hoje manda um que é perseguido por outro que já está preparando o terreno para substituí-lo. Aí entra a justiça alimentando vaidades sem se importar com o cidadão comum que está aqui tão vulnerável esperando sua proteção e ela parece que se esqueceu da sua imparcialidade.

Traipu escreveu:
12/05/2012 as 4:31

Ricardo, realmente Traipu está sem saída. Conceição Tavares e Marcos Santos são iguais, inclusive já foram aliados, o povo de bem, não fanáticos, sabe que Traipu só melhorava com uma intervenção Federal, nem Estadual resolve. Só pra ter uma idéia em três meses a principal marca de Conceição foi conseguir, sabe-se lá como, que dois vereadores passasse para seu lado com o objetivo único de cassar MS e permanecer no poder, esta mesma Conceição foi Secretária de Educação, num passado recente, e foi um desastre!

mm escreveu:
12/05/2012 as 7:41

eu sou um cidadao traipuence e mim sinto envergonhado com a situaçao em que estamos vivendo em nossa cidade e um verdadeiro descaso com a populaçao a cidade esta entregue as traças.

tania escreveu:
12/05/2012 as 9:14

Pobre Traipu….. a população toda corrompida por estes politicos corruptos em troca de pequenos favores… qdo esse quadro pode mudar? qdo a educação for meta de governo e isso “eles” não vão deixar nuncaaaaaaa…….

sheilamelo@hotmail.com escreveu:
12/05/2012 as 9:37

maldição maior e ter CONCEIÇÂO TAVARES COMO PREFEITA -50 ANOS DA FAMILIA TAVARES E AGORA MAIS ESSA IMPOSIÇÃO DOS TAVARES- esse sem dúvida e o atraso de nossa cidade.

ARRUDA escreveu:
12/05/2012 as 9:46

Prezado Ricardo Mota,não existe apenas o enigma e a maldição de Traipu,A MALDIÇÃO ESTÁ EM TODO ESTADO DE ALAGOAS.Vejam vocês querem punir os TATURANAS,MAS FICA DE FORA OS GABIRUS,que estão por aí soltos e rindo atoa,de fora também está os gestores dos 300 molhões da comida do sistema prisional,5 milhões apenas na reforma de um helicóptero,5 milhões da biblíoteca da assembléia,200 milhões do lixo de maceió,os GABIRUS pode chegar a um valor de 1 bilhão de Reais,e existem gestores que não podem responder ou ser preso porguê estão ocupando cargo,isto é a bomba só estoura depois que perde o mandato,infelizmente é assim em Alagoas e em todo Brasil.Você já viu esta gente ser presa e devolver o que roubou,e tudo em cima da miséria e por falta de conciência politica e analfabetismo do nosso povo,com respeito a esta última colocação,o JUDICIÁRIO BRASILEIRO tem sim, muita culpa,responsabilidade e está em sintonia da aprovação para os eleitores analfabetos votarem.Com a palavra o JUDICIÁRIO E O GOVERNO DO ESTADO….. SILÊNCIO TOTAL…….PSIU.

Antonio Andrade escreveu:
12/05/2012 as 13:00

Ao invés da população ficar ficar procurando um culpado por essa miséria vivenciada em Traipu, deveria escolher melhor em quem vai votar nas próximas eleições. Pois tanto Marcos Santos quanto Conceição Tavares estão se lixando para o povo de Traipu. Essa turma nunca se preocupou com o povo, apenas com suas proprias vaidades e patrimonio adquiriros com nosso dinheiro. Fico pasmo quando vejo as pessoas defendendo ambas mazelas como se fossem seus parentes mais próximos. O que mais me revolta é a defesa de alguns com o lema: “ah, ele rouba mais faz”. E o pior falado por pessoas ditas como “esclarecidas”! Pobres almas. O povo de Traipu tá na situação do “se pular do espeto morre na brasa”. E o que é mais lamentável ainda, quando surgem bons nomes para candidato a prefeito, o povo já taxa como aproveitador, forasteiro e etc. Preferem ser reféns do atraso, subcultura, subdesenvolvimento e etc do que aceitar um nome averso a toda essa escória. Como dizia o artista “quem é acostumado a comer arroz com feijão não tem paladar pra apreciar caviar” que não é o caso de Marcos Santos e Conceição Tavares e famílias. Solução para Traipu: INTERVENÇÃO já.

Silva escreveu:
12/05/2012 as 17:43

Traipu não precisa de mudança de nomes, precisa de mudança de atitudes em relação ao que é público. Se Conceição errou antes, atualmente fez o certo: pagou salário mínimo aos garis, corrigiu o salário dos professores, dos Guardas municipais, dos Agentes de saúde, comprou veículos para a Prefeitura e não para si, fez as estradas na zona rural, contratou médicos e pagou salário justo, enfim, respeitou o povo. Já o Sr. Marcos Santos escravizou os trabalhadores, obrigando-os a trabalhar um mês inteiro por 70,00 e 100,00, além de massacrar os professores e Agentes de Saúde durante 12 anos. Esse nunca soube diferenciar o que é público e o que é particular. Hoje Conceição Tavares se credenciou a ser prefeita de Traipu, simplesmente, porque fez o certo. Todas as pessoas podem fazer o certo, é simples, é só querer.

Valdir escreveu:
12/05/2012 as 19:04

Perseguição,perseguição,perseguição,isso sim é o que marcos santos e o pior os amigos dele também estão sendo vitimas,acorda justição,tem interesse de gente grande aqui.

Utilize o espaço abaixo para deixar sua opinião:

Arquivos