Ricardo Mota
Ricardo Mota
« página inicial do blog
17/08/2011

Militar morto na ESMAL servia de “vigilante” do prédio

O subtenente Roque, assassinado na segunda-feira, na sede da Esmal, realizava o trabalho de vigilante  patrimonial quando foi vítima da ação dos bandidos. É o mesmo serviço que fazem empresas privadas, especializadas, inclusive para a Justiça Federal. 

A Escola Superior da Magistratura faz parte da estrutura do TJ, especificamente da presidência, mas não guarda processos nem documentos públicos que mereçam a presença ostensiva das forças policiais protegendo a sua sede. O subtenente Roque cumpria, então, uma função que está longe de ser a atividade fim da Polícia Militar, da qual era integrante. 

É uma velha e batida distorção, que permanece, mesmo quando aparece alguém que ponha o dedo na ferida. Caso, por exemplo, do ministro do STJ, Paulo Tamburini, que aqui esteve realizando uma inspeção pelo Conselho Nacional de Justiça e se deparou com o que ele mesmo considerou “um absurdo”: cinco integrantes do Corpo de Bombeiros serviam no gabinete da presidência do TJ. 

O abuso apontado por ele foi corrigido, mas o mesmo mal permanece: a Assessoria Militar do Tribunal de Justiça – como as demais – faz o serviço de vigilância patrimonial. Toma conta de estacionamento, de prédio e, faz as vezes, até, de motorista e babá de autoridades.

Todos os poderes têm orçamento que possibilitam a contratação de empresas privadas de vigilância. É assim, também, com o Judiciário. A convocação de policiais civis e militares deveria ser excepcional, quando necessária para garantir a segurança de magistrados.

Postado às 19:57, Ricardo Mota 44 comentários postado em Geral |
44 respostas para “Militar morto na ESMAL servia de “vigilante” do prédio”

Ô POVO BURRO escreveu:
17/08/2011 as 20:17

INFELIZMENTE ATÉ NO ESTACIONAMENTO EM FRENTE AO QG DA PM NO CENTRO TEMOS 02 POLICIAIS QUE TOMAM CONTA DOS CARROS DOS PROPRIOS POLICIAS. OU SEJA,QUE ESTADO DO PAÍS SE DÁ A ESSE LUXO (TOMAR CONTA DE CASA DE PRAIA, CARRO, PRÉDIO, FAZENDA, BEBUM, MALOQUEIRO E POR AI VAI…)

GM Foxtrot escreveu:
17/08/2011 as 20:25

Caro Ricardo mota, esses tipos de serviços acontecem também no município, onde Policiais civis e militares servem de vigias em postos do município ou são realizados sob o comando de policiais contratados pelo municipio para administrar e realizar o serviço de vigilância em âmbito municipal, são por essas razões que o Prefeito e Presidente da Câmara Municipal de Maceió querem a qualquer custo legalizar o “bico” realizados por policiais no Estado.
Isso, sem falar nas atividades já alguns policiais de Alagoas já desempenham, ou seja, serviços que deveriam ser realizados por empresas privadas contratadas e ou até mesmo pela Guarda Municipal de Maceió que caiu no esquecimento do Prefeito que nem pensa em estruturar a GM nem muito menos investir na capacitação de tais Guardas, verba para isso têm de sobra, pois o PRONASCI já disponibilizou verbas para os municipios que investirem em segurança pública, inclusive Maceió e especiamente a Guarda Municipal de Maceió já fo contemplado com algumas dessas verbas, mas infelizmente nada se ver em relação a estruturação e investimento na Guarda Municipal de Maceió, aliás se o municipio de uma força de segurança que pode ajudar e muito aos munícipes, porquê buscar fora outros meios de “fazer segurança”, não seria melhor investir na Guarda Municipal ?

Carlos André de Lima Silva escreveu:
17/08/2011 as 20:30

É o que o vereador Galba Novais quer fazer, tirar o ganha pão de muitos pais de família, querendo aprovar esse projeto do bico legal, DESEMPREGANDO ASSIM MUITOS VIGILANTES.
Os PM´s merecem ganhar muito mais, mas não dessa forma.
Lamento muito a morte do militar morto, que poderia ser também um vigilante, se ali estivesse tirando serviço.

Jane Costa escreveu:
17/08/2011 as 20:46

Seria a “proletarização do serviço público”, Ricardo? Esse é um dos nossos males, enquanto alagoanos.

Marcos b escreveu:
17/08/2011 as 21:18

Ele como muitos outros pm q estao a disposiçao da assessoria do trib de just so servem p vigilantes e empregados dos juizes e desem isto e comum e so andar nos tribunaisq veras

heyder pereira campos escreveu:
17/08/2011 as 21:25

MESTRE, POIS É. TEM CADA UMA NA TERRA CAETÉ ! AINDA BEM QUE SÓ É MINHA MÃE ADOTIVA. E COMO EU GOSTO DELA. . . GOSTO DE MONTÃO, APESAR DE TUDO E DE ALGUNS.

Revoltado escreveu:
17/08/2011 as 22:29

Lamentável a morte do Tenente Roque.Enquanto isso,ilustre jornalista, o Tribunal de Contas tem um batalhão de policiais,que atendem na recepção,tomam conta do ESTACIONAMENTO, é só passar para ver, e fazem serviços dos “INTELECTUAIS CONSELHEIROS”.

MARCOS ANTONIO escreveu:
17/08/2011 as 22:46

QUEM NÃO SABE QUE ALAGOAS É ASSIM, SOU MILITAR E SOU OFFICI BOY DE UM DELES, SÓ FALTO FAZER O ALMOÇO DELES, SE EU RECLAMAR SOU DEVOLVIDO OU PRESO E MEU COMANDO JAMAIS VAI TIRAR ESSA MOLEZA DELES, SOCORRO CNJ TOMEM UMA PROVIDENCIA POIS EU NÃO AGUENTO MAIS, ME MANDEM PRA CASA DO TRIBUNAL DE FAZ CONTAS OU DE CABIDE DE EMPREGO LA SIM É NEGOCIO POIS FAZEMOS O MESMO QUE TODOS OU SEJA NADA.KKKKKK VOU FAZER GREVE PARA IR PRA LA JA

Josias Acreano escreveu:
17/08/2011 as 22:49

Ricardo………tu é fuçador hein!!!! kkkkk
E não é apenas na ESMAL que o pessoal da PM faz o trabalho de vigilante não. No fórum e no TJ tá abarrotado de PM´s dando um olhadela nos advogados que entram e saem diariamente.
Sem contar os gabinetes ABARROTADOS de comissionados. ATENÇÃO: dá uma olhada nesses comissionados e nos respectivos sobrenomes, e dá uma cruzada com os membros do parquet pra vê se não tem algum nome batendo Ricardo…….kkk….acho que isso se chama nepotismo cruzado.
Taí um bom mote pro seu próximo “petardo” Ricardo!!!!!

Feliz escreveu:
17/08/2011 as 22:54

Ricardo, este Estado é uma vergonha em todas as áreas do serviço público, inclusive o judiciário que deveria dar o exemplo!!!

Pm ligado escreveu:
17/08/2011 as 22:55

O problema é que o PM nao se dar valor, gosta de servir de empregado pra estes Juizes, abrir porta de carro, basta vç R Mota ir por trás do prédio do TJ e verá três PM (02 Sgt e 01 Cb) na porta da garagem, uma vergonha, vai lá e filma, bota na Tv,mais parece que a propria imprensa procura não divulgar, na maioria dos Foruns, os Pms servem de figilantes, coitados….

Pm ligado escreveu:
17/08/2011 as 22:59

No Forum do Pilar, desde que o Cel Batinga comandou o 8º BPM, que tem 04 Pm sem fazer nada, havia escala até pra dormir dentro do forum, o PM que dormia no Forum do Pilar,ficava na cozinha, dormindo num pedaço de colchão no chão, sem direito a um copo de agua,a escala feita pelo Cmdº do 8º BPM. basta investigar, procurar saber

Reinaldo Sales escreveu:
17/08/2011 as 23:00

Ricardo diariamente me informo das noticias por meio do seu Blog. Muito dos assuntos tem me despertado o interesse de fazer comentário, porém permita não justificar por não ter feito ainda qualquer comentário relacionado aos assuntos postados em seu Blog. Saiba que a questão da segurança pública em nosso Estado está em evidência e requer uma audiência pública para que a sociedade possa se manifestar sobre tal questão. Logo aproveito para opinar em relação a dois assuntos que foram temas postado em seu Blog: a questão da menoridade e a atuação dos militares em orgãos públicos. Os acontecimentos dos crimes no momento todos tiveram a participação de menores e logo os orgãos responsável pela segurança do Estado por meio dos seus representantes direciona que a solução para diminuir a criminalidade é aumentar o número de policiais com a abertura de concurso público, como também fazer mudanças no estatuto da criança e adolescente para que o menor possa responder pelo crime cometido. Tais propostas bem demonstra a vunerabilidade dos nossos orgãos públicos, uma vez que a questão relevante do crime cometido está na facilidade de se conseguir uma arma e o menor não tem o poder de fabricar uma arma, porém reconheço que ele pode comprar uma arma. Será ele o responsável pelo crime ou a pessoa que repassou a arma para menor? E a quem cabe o controle das armas em circulação? Por que não se tem cadastro das armas como forma de se permitir sua origem? Qual a população com maior facilidade de se conseguir uma arma legalmente. Tenho outras indagações a fazer mais me reservo não fazê-la. Questiono, portanto que a solução não está em abertura de concurso público e nem na mudança das regras defenidas no estatuto, mas em colocar em prática políticas públicas que permita aos jovens acesso a curso profissionalizante, como também maior rigor em relação ao uso de arma. O policial seja ele de qualquer esfera de governo tem que ter a arma cadastrada e saindo da ativa para a reserva ou aposentadoria ficar com a obrigatoriedade de permanecer com a guarda da arma em casa. Em caso do responsável pela arma falecer a familia somente passará a obter a pensão remunerada por lei com o devido recolhimento da arma pertecente ao responsável nominado em cadastro sobre o controle dos orgãos de segurança.
Quanto a questão da função excercida por militares em orgãos públicos requer uma reflexão. O militar tem que cumprir a missão de guardião da sociedade possibilitando segurança como forma do povo sentir-se protegido e respeitado. Infelizmente o que se tem visto são situações consideradas absurdas como a que você Ricardo relata em seu blog. Pois bem, não consigo entender como pode um policial fardado graduado em frente ao quartel com a responsabilidade em plena via pública de fazer a colocação do cone em determinados espaços disciplinando o uso de veículos estacionado por traz do Tribunal de Justiça, quando o mais correto seria ter outra função de proteger a sociedade que paga seus impostos com maior sacrificio para ter serviço público de qualidade.

Pm ligado escreveu:
17/08/2011 as 23:11

Se voçe quiser mando uma foto da porta da garagem do Predio do TJ, aqui pertinho na Praça Deodoro, que estao lá os PMs servindo de Porteiros, carregadores de pastas, manobreiros, etc,etc

Carla V. Silva escreveu:
17/08/2011 as 23:18

Infelizmente, são soldados, cabos, sargentos, subtenentes e oficiais, conhecidos nos quarteis, como vigias, lambe botas, flanelinhas de luxo, puxa-saco, abridor de portas, guarda-carros e tantos outros adjetivos, para classificar esses militares que estão nos gabinetes militares da Assembleia, TC, MP e TJ. Uma vergonha para a PM!

Pm ligado escreveu:
17/08/2011 as 23:18

Ih, estava esquecendo, parece que o TJ não tem dinheiro para pagar motorista, pois existe vários MM Juizes, que utilizam Policiais Militares,”chubetas” para dirigir seus carroes, o PM é segurança ou motorista, mais “eles” gostam estao de palitosinho e gravata” servindo de empregado, nao se envolve com nada, tam mais “moral” que os comandantes dos batalhoes a que pertence…

Marinaldo Bispo da Silva escreveu:
18/08/2011 as 0:37

Ricardo, é muito mais fácil, mostrarmos o problema do vizinho, no caso, do executivo, quando a maior autoridade do judiciario, vem a público e tentar encobrir as mazelas, falando da condiçao fisica dos PMs. É fato, estao obesos, mas ele so viu agora? E o comandante ainda diz que é uma minoria. Falta quem de fato ponha o dedo (pinça, gase, etc) na ferida, e faça a assepcia que a sociedade tanto aguarda, tomara que nao demore tanto.

José Otávio Palhares escreveu:
18/08/2011 as 7:29

Para vc ver! E ainda vem o magistrado dizer que os policiais estão “gordos” e por isso estão morrendo. Tenha paciencia!

Julio escreveu:
18/08/2011 as 7:42

O TJ, TCE, MP etc têm recursos para contratar vigilância privada, mas preferem usar policiais militares e bombeiros para recepção, segurança privada, motorista e outras funções. Essas autoridades deveriam ter vergonha de tirarem servidores que deveriam estar prestando um serviço relevante à sociedade. Enquanto isso, o dinheiro que gastaria com a vigilância é economizada e vai para… No TCE, por exemplo, tem sargenta fazendo recepção na portaria e outro policial atuando como guarda-carros (flanelinha). Agora, para carros locados e cotas para gasolina, só para dar um exemplozinho, os conselheiros não deixam faltar. O Presidente do TJ está começando alguma faxina, acabando com a farra das horas extras de juízes e servidores. Olha o absurdo: tinham a carga horária reduzida para 6 horas pela Administração. Em seguida, trabalhavam oito horas e ganhavam duas horas extras. É mole!

Valdeck escreveu:
18/08/2011 as 7:47

É lamentável o desvio de atividade dos policiais alagoanos, são pagos via impostos para proteger a população, no entanto, fazem as vezes de serviçais de desembargadores, juízes, deputados enquanto os cidadãos confiam na própria sorte para não ser alvo da bandidagem que está ciente que pode atuar sem ser incomodado aqui no Estado. É nesse cenário, que o PM foi alvejado e morto, teve honrarias militares porque era PM, mas não estava naquele momento exercendo sua atividade fim, que é proteger a população, estava “cuidando” dos magistrados. É ainda nesse cenário, que o atual presidente da Câmara de Vereadores, quer legalizar esse “serviço”, “bico” dos policiais, e a população como fica? Já sei! Estado e município vão se juntar comprar roupas de sapo, distribuir à população e mandar dar seus pulos. Vejo tanto desmando, tanta ineficiência, tanta corrupção aqui no Estado e no Brasil de modo geral e continuamos passíveis. Vejam a Índia, é um país democrático como o nosso, tem corrupção como o nosso, os políticos de lá se locupletam com leis que beneficiam e facilitam a corrupção, assim como o nosso país, e qual é a diferença? O povo lá entra em estado de indignAÇÃO, indigna-se e parte para a ação. Não ações isoladas na base do olho por olho, dente por dente, ações que pressionam as autoridades a retroceder em sua sanha desgovernamental. E aqui porque não acontece isso? Somos quem paga os impostos mais altos do mundo e somos quem menos recebe o retorno desses impostos. Está na hora de presionar essas ditas autoridades do Estado e município.

Gutemberg Lócio escreveu:
18/08/2011 as 8:02

Daqui a alguns séculos o que chamamos de nação começará a ser erigida,por ora,contentemo-nos com o modelo de Brasil colonizado.

rondinele ricardo escreveu:
18/08/2011 as 8:11

o que mais tem e militares em maceio fazendo este tipo de serviços etc!!!

tiago melo escreveu:
18/08/2011 as 8:18

e a pura realidade mais fazer o que!

eduardo escreveu:
18/08/2011 as 8:35

O PM foi morto e ainda foi criticado por ser barrigudo pelo Presidente do TJ. Porém, a resposta foi formidável: segunda a Gazeta, a PM informa que a Justiça está dado liminar para candidatos com 150 Kg possam participar da PM, cerca de 90 de 150 candidatos ganharam liminares, por não terem condições físicas. Com a palavra, o presidente do TJ.

eduardo escreveu:
18/08/2011 as 8:37

Ah, no passado já foi pior no TJ, até os cargos eram privatizados.

pm realista escreveu:
18/08/2011 as 8:52

Parabéns Ricardo você foi o único a comentar sobre esse absurdo que acontece nas assessorias militares, é só passar nos fundos do TJ, no centro da cidade, que vai presenciar de 4 a 5 militares guardando as vagas de estacionamento, e controlando a entrada e saída do prédio, uma vergonha!!!!

jobson escreveu:
18/08/2011 as 9:13

Realmente é um absurdo, os poderes utilizarem militares, contribuindo para reduzir o número de policiais nas ruas.Tive a oportunidade de observar militares tomando conta de veículos no estacionamento do Forum.

PEDRO JORGE escreveu:
18/08/2011 as 9:18

Ricardo, assessoria militar é um ônus pro governo e pra população. Pro governo por pagar seus salários e pra população que fica com segurança (já não temos) reduzida. Esse serviço deveria ser realizado por uma empresa de vigilância, assim como é feito no TRT. O custo é bem menor. É uma matemática simples.

inaldo escreveu:
18/08/2011 as 9:21

E o “Bico é legal”

Genivaldo henrique escreveu:
18/08/2011 as 9:34

concordo plenamente com o Ricardo mota
quem deve fazer a segurança do patrimônio publico é as empresas de seguranças privada,os oficias e soldados que estão a disposição dos três poderes deve ir para as ruas fazer o policiamento ostensivo junto com os outros policias para ameniza esta violência que esta assolando o nosso querido estado por falta de politicas poblicas do excelentíssimo governador

Adriano Alencar escreveu:
18/08/2011 as 9:52

Será que o “Bico Legal”, ao sair do papel, pode oficializar o desvio de função?

James Pinto de Amorim escreveu:
18/08/2011 as 10:06

Se eu fosse o Comantante aproveitava a ocasião e recolhia todos os PM e mandava o Desembargador contratar vigilantes. Esse fato tem culpados.É só verificar os comentários a respeito.
James Amorim-Cel R/R.

de olho escreveu:
18/08/2011 as 10:39

E pode um absurdo desse? onde vamos parar? que absurdo!!! que pessimo exemplo dado pela justiça..com uma dessa vamos esperar mais o que? uma justiça em beneficio de se mesmo?

FOGO CRUZADO escreveu:
18/08/2011 as 11:34

E AINDA QUEREM CRIAR O TAL DE BICO LEGAL, O CARA PASSA 12 HORAS OU + LIDANDO COM BANDIDOS, NA HORA DE FOLGA TEM QUE PROCURAR UM LAZER, NADA DE BICO LEGAL, PGUE-SE BEM, EXIJA PROFISSIONALISMO, DEMITA OS BANDIDOS FARDADOS, E FIM DE PAPO.

concurseiro desiludido escreveu:
18/08/2011 as 12:28

TJ, TC, MP e outros estes órgãs devem organizar a carreira de AGENTE DE SEGURANÇA JUDICIÁRIA (ou ministérial, ou qualquer nome que seja) para deixar na mão certa esse serviço. Lugar da PM é na rua, se bem com a defasagem que tá … Na polícia civil a previsão de contratar 25 (super delegados) para investigar OS BILHOES DE HOMICIDIOS, e mais 150 agentes, isso mesmo CENTO E CINQUENTA AGENTES, isso vai solucionar a segurança pública em Alagoas… é uma piada … SÓ QUE NO CIRCO DOS MARECHAIS O PALHAÇO É VOCÊ !!! … somos nós !!! por isso vou-me embora pra Pasárgada! Lá tem o concurso que eu quero … no orgão que escolherei !!!

jose carlos dos santos escreveu:
18/08/2011 as 15:09

Subtenente e sub oficial em qualquer corporação militar,ele pela sua graduação não era pra está tirando serviço de vigia e sim comandando alguma fração de tropa,visto que muitos subtenentes tem mais experiência que muitos tenentes,mais na PMAL querem fazer sargentos e subtenentes de vigia e elesa aceitam isso.

ROBERTA escreveu:
18/08/2011 as 16:48

Seria um ato de comprometimento com o povo alagoano se as instituições como TJ, MP, TCE, Assembléia Legislativa, etc. Devolvessem para as ruas todos os policiais militares nelas lotados. Mesmo existindo lei autorize a manutenção desses policiais nestes órgãos é um luxo que nosso Estado não ter no momento de crise na segurança pública em que se encontra. Remunere bem a esses policiais, para que eles não se submetam a estas situações por uma minguada gratificação. E esperamos que o novo presidente do Conselho Estadual de Segurança, agindo em nome do interesse público, acabe com as Assessorias Militares e que os poderes contratem mediante concurso ou contratação terceirizada, vigilantes para sua segurança predial e auxiliares de serviços gerais para as demais atribuições.

marioinacio escreveu:
18/08/2011 as 17:43

E, só chega lá,quem tem padrinho político forte!!! Também! Com tantas regalias,e, mais grana! Quem não quer?
ESTÁ TUDO ERRADO! Só não enxerga, quem não quer!!!!!!!!!!
Mas, a mídia, é a nossa maior aliada!!! Um dia, quem sabe????

Ora ora! escreveu:
18/08/2011 as 18:08

Ricardo, desta vez você se declarou! Diga o que é que você tem de pessoal contra o governador, porque você CALOU, VOCÊ SIM, CALOU DURANTE TODO O TEMPO DOS DESMANDOS DE LESSA QUANDO OS POLICIAIS NÃO RECEBIAM NEM FARDAMENTOS E TINHAM QUE REMENDAR SUAS FARDAS, a PC comprou armas de uma empresa fantasma que até hoje não recebeu nada e você ficou calado, na época do Lessa até a MERENDA ESCOLAR FOI SURRUPIADA, ele gastou R$ 600 mil EM UMA ESCOLA QUE O TETO DESABOU E QUASE PROVOCA UMA TRAGÉDIA, E VOCÊ NÃO FALA NADA DISSO, na época de Lessa muitas empresas fecharam suas atividades aqui em Alagoas e SÓ O PICOLÉ CAICÓ veio pra cá, Téo em menos de 5 anos trouxe MAIS DE 80 EMPRESAS E GRANDES EMPRREENDIMENTOS COMO UM SHOPPING, 4 HOTÉIS 6 ESTRELAS, UM MEGA SHOPPING CLASSE “AAA”, O CANAL DO SERTÃO JÁ ESTA COM MAIS DE 70 KM PRONTOS, mas na época de Lessa ele inaugurou a A CASA DAS BOMBAS SEM TEM UMA SÓ BOMBA, E VOCÊ CALADO, A AL 101-SUL QUE TAMBÉM É OBRA CONCEBIDA NO GOVERNO LESSA E ELE NUNCA COLOCOU NEM UMA PÁ DE TERRA, TÉO COMEÇOU E JÁ ESTÁ TERMINANDO, TÉO TROUXE O ESTALEIRO EISA, NA GESTÃO DE TÉO A SALGEMA DUPLICOU SUA PLANTA INDUSTRIAL E VOCÊ CALADO, O GOVERNO TÉO LANÇOU DUAS ESTRATÉGIAS DE COMBATE A VIOLÊNCIA, AS BASES COMUNITÁRIAS DE POLÍCIA E AS RONDAS CIDADÃS, TÉO ADQUIRIU MAIS DE 150 AMBULÂNCIAS CIDADÃS E SUBSTITUIU AS PORCARIAS QUE EXISTIAM, ABRIU BASES DA SAMU EM REGIÕES ESPALHADAS E ESTRATEGICAMENTE COBRINDO TODO O ESTADO E VOCÊ CALADO.
Abre o jogo, vai, você deve ser do time de Lessa, está recebendo para nunca elogiar e criar FACTÓIDES, é isso que você faz muito bem é criticar por criticar.
ORA! VAI-TE CATAR RICARDO!

Ora ora! escreveu:
18/08/2011 as 18:16

Ricardo, desta vez você exagerou! Diga o que é que você tem de pessoal contra o governador, porque você CALOU, VOCÊ SIM, CALOU DURANTE TODO O TEMPO DOS DESMANDOS DE LESSA QUANDO OS POLICIAIS NÃO RECEBIAM NEM FARDAMENTOS E TINHAM QUE REMENDAR SUAS FARDAS, a PC comprou armas de uma empresa fantasma que até hoje não recebeu nada e você ficou calado, na época do Lessa até a MERENDA ESCOLAR FOI SURRUPIADA, ele gastou R$ 600 mil EM UMA ESCOLA QUE O TETO DESABOU E QUASE PROVOCA UMA TRAGÉDIA, E VOCÊ NÃO FALA NADA DISSO, na época de Lessa muitas empresas fecharam suas atividades aqui em Alagoas e SÓ O PICOLÉ CAICÓ veio pra cá, Téo em menos de 5 anos trouxe MAIS DE 80 EMPRESAS E GRANDES EMPRREENDIMENTOS COMO UM SHOPPING, 4 HOTÉIS 6 ESTRELAS, UM MEGA SHOPPING CLASSE “AAA”, O CANAL DO SERTÃO JÁ ESTA COM MAIS DE 70 KM PRONTOS, mas na época de Lessa ele inaugurou a A CASA DAS BOMBAS SEM TEM UMA SÓ BOMBA, E VOCÊ CALADO, A AL 101-SUL QUE TAMBÉM É OBRA CONCEBIDA NO GOVERNO LESSA E ELE NUNCA COLOCOU NEM UMA PÁ DE TERRA, TÉO COMEÇOU E JÁ ESTÁ TERMINANDO, TÉO TROUXE O ESTALEIRO EISA, NA GESTÃO DE TÉO A SALGEMA DUPLICOU SUA PLANTA INDUSTRIAL E VOCÊ CALADO, O GOVERNO TÉO LANÇOU DUAS ESTRATÉGIAS DE COMBATE A VIOLÊNCIA, AS BASES COMUNITÁRIAS DE POLÍCIA E AS RONDAS CIDADÃS, TÉO ADQUIRIU MAIS DE 150 AMBULÂNCIAS CIDADÃS E SUBSTITUIU AS PORCARIAS QUE EXISTIAM, ABRIU BASES DA SAMU EM REGIÕES ESPALHADAS E ESTRATEGICAMENTE COBRINDO TODO O ESTADO E VOCÊ CALADO.
Abre o jogo, vai, você deve ser do time de Lessa, está recebendo para nunca elogiar e criar FACTÓIDES, é isso que você faz muito bem é criticar por criticar.
ORA! VAI-TE CATAR RICARDO!

Ora ora! escreveu:
18/08/2011 as 18:17

Ricardo, desta vez você foi longe demais! Diga o que é que você tem de pessoal contra o governador, porque você CALOU, VOCÊ SIM, CALOU DURANTE TODO O TEMPO DOS DESMANDOS DE LESSA QUANDO OS POLICIAIS NÃO RECEBIAM NEM FARDAMENTOS E TINHAM QUE REMENDAR SUAS FARDAS, a PC comprou armas de uma empresa fantasma que até hoje não recebeu nada e você ficou calado, na época do Lessa até a MERENDA ESCOLAR FOI SURRUPIADA, ele gastou R$ 600 mil EM UMA ESCOLA QUE O TETO DESABOU E QUASE PROVOCA UMA TRAGÉDIA, E VOCÊ NÃO FALA NADA DISSO, na época de Lessa muitas empresas fecharam suas atividades aqui em Alagoas e SÓ O PICOLÉ CAICÓ veio pra cá, Téo em menos de 5 anos trouxe MAIS DE 80 EMPRESAS E GRANDES EMPRREENDIMENTOS COMO UM SHOPPING, 4 HOTÉIS 6 ESTRELAS, UM MEGA SHOPPING CLASSE “AAA”, O CANAL DO SERTÃO JÁ ESTA COM MAIS DE 70 KM PRONTOS, mas na época de Lessa ele inaugurou a A CASA DAS BOMBAS SEM TEM UMA SÓ BOMBA, E VOCÊ CALADO, A AL 101-SUL QUE TAMBÉM É OBRA CONCEBIDA NO GOVERNO LESSA E ELE NUNCA COLOCOU NEM UMA PÁ DE TERRA, TÉO COMEÇOU E JÁ ESTÁ TERMINANDO, TÉO TROUXE O ESTALEIRO EISA, NA GESTÃO DE TÉO A SALGEMA DUPLICOU SUA PLANTA INDUSTRIAL E VOCÊ CALADO, O GOVERNO TÉO LANÇOU DUAS ESTRATÉGIAS DE COMBATE A VIOLÊNCIA, AS BASES COMUNITÁRIAS DE POLÍCIA E AS RONDAS CIDADÃS, TÉO ADQUIRIU MAIS DE 150 AMBULÂNCIAS CIDADÃS E SUBSTITUIU AS PORCARIAS QUE EXISTIAM, ABRIU BASES DA SAMU EM REGIÕES ESPALHADAS E ESTRATEGICAMENTE COBRINDO TODO O ESTADO E VOCÊ CALADO.
Abre o jogo, vai, você deve ser do time de Lessa, está recebendo para nunca elogiar e criar FACTÓIDES, é isso que você faz muito bem é criticar por criticar.
ORA! VAI-TE CATAR RICARDO!

Prof P S S escreveu:
18/08/2011 as 21:13

o puxa saco mor voltou, heyder tava sumido?

CAP. HERCULANO escreveu:
18/08/2011 as 21:25

Caro R. Mota, qdo estava na ativa da PM fui designado para trabalhar de segurança para uma determinada autoridade, e ao chegar na sua residência, me deram boletos, recibos etc, para fazer pagamento, como me recusei, fui dispensado desse serviço.Vê como são tratados os vigilantes (seguranças)desses juízes? Como cachorro, coloca-se uma tenda, uma tv na calçada e pronto. Aí vem uma autoridade q n entende nada de segurança, e diz q os PMs estão barrigudos.Segurança trabalha com inteligência. Segurança tem q ser praticamente uma cara da família, tem q ser fiel. Agora se a autoridade q um cara “sarado” para se exibir, aí o babado é outro.

bem informada escreveu:
19/08/2011 as 13:52

É realmente um absurdo que tem que acabar, lugar de policial é nas ruas, nos postos policiais nas delegacias, dando segurança a sociedade, não servindo de empregado para o pessoal do judiciário, estou comentando porque presenciei no forum um policial que presta serviço lá servindo de menino de recado para as funcionárias, enquanto elas ficavam de bate papo na maior algazarra isso é humilhante para o profissional, acho eu que os nossos policiais não merecem passar por isso, pois além de ganharem pouco, tem uma responsabilidade enorme nas costas. O proprio comando da nossa briosa policia pode elevar a auto estima e valorizar a classe. Queridos policiais militares valorizem-se não se deixem humilhar por quem quer que seja. Vocês tem que respeitar e serem respeitados. É lamentável a morte do policial Roque. Uma autoridade falou que ele estava no lugar errado na hora errada, mas se ele estava no lugar errado foi porque alguma autoridade o colocou lá, só que a hora estava certa, pois ele estava trabalhando, sem colete, totalmente sem proteção, atenção sindicato cuidem para que casos como esse não venha mais acontecer. Meus pesames a familia, que Deus dê forças a todos.

Utilize o espaço abaixo para deixar sua opinião:

Arquivos