Nide Lins
11/02/2014

Feijoada com mais de 40 itens

A feijoada do restaurante Origens, do Radisson, tem mais de quarenta itens (carnes, saladas, caldinho, sobremesas e uma caipirinha de brinde). Não tem balança e pode repetir à vontade

A feijoada do restaurante Origens, do Radisson, tem mais de quarenta itens (carnes, saladas, caldinho, sobremesas e uma caipirinha de brinde). Não tem balança e pode repetir à vontade

Bom samba, caipirinha, caldinho de feijão com torresmo, charque em minis cubos, linguicinha e bacon. Estes são os três princípios básicos de uma boa feijoada – as boas vindas aos prazeres da receita mais popular entre os brasileiros. Desde o boteco ao restaurante cinco estrelas, a feijoada é a nossa gula, mas sem o pecado.

Escolhi a feijoada do Radisson, porque provo a iguaria todo ano, e assino embaixo! O sabor e a qualidade não mudam, sempre perfeita. Muitos vão logo reclamar do preço – R$ 45,90 por pessoa, (o problema é que ganhamos mal…), mas vale pagar – é um bom investimento. A feijoada do restaurante Origens, do Radisson, tem mais de quarenta itens (carnes, saladas, caldinho, sobremesas e uma caipirinha de brinde). Não tem balança e pode repetir à vontade.

as boas vindas aos prazeres da receita mais caldinho de feijão com torresmo, charque em minis cubos, linguicinha e bacon.

Caldinho de feijão com torresmo, charque em minis cubos, linguicinha e bacon

A mesa sempre bem posta com as panelas de barro enfileiradas com feijão preto (caldo bem encorpado), orelha, pé, rabo, costela defumada, língua, charque, torresmo, bisteca de porco, paio, lombo de porco grelhado (textura macia, temperado apenas no sal e alho). Arroz branco ou o de carreteiro. Couve, laranja e banana e abacaxi à milanesa.

Tem as saladas para diminuir a culpa das calorias, mas me perdoem: esqueçam a dieta no dia de feijoada brasileira, afinal, a iguaria está entre as sete maravilhas gastronômicas do mundo.

 lombo de porco grelhado (textura macia, temperado apenas no sal e alho)

lombo de porco grelhado (textura macia, temperado apenas no sal e alho)

E tem os doces que já estão inclusos no preço – são mais de 14 itens, entre bolos, tortas, cocadas e frutas. Não resisto às cocadas de chocolate e à branca (nota 10)! A  cocada de forno é imperdível, sempre acompanhada de um bom cafezinho.

Quem comanda as panelas, onde são cozidos 10 quilos de feijão, é o chef Newton Borges, um baiano que não erra a medida do sal – item fundamental para o sucesso da feijoada.

Ingredientes da feijoada: orelha, pé, rabo, costela defumada, língua, charque, torresmo, bisteca de porco, paio...

Ingredientes da feijoada: orelha, pé, rabo, costela defumada, língua, charque, bisteca de porco, paio…

Segundo o bom baiano, a feijoada boa é preparada de um dia para outro para o feijão ficar mais encorpado. Primeiro, são queimadas a orelha, pé e rabo, que já são comprados dessalgados. Do charque, é retirado o sal. Depois, todas as carnes são cozidas no feijão.

Na receita tem cachaça, mas, segundo o chef, a função da bebida é nobre, reduz a gordura da feijoada, ou seja, menos dor na nossa consciência na hora de saborear uma receita bem brasileira (embora sua origem até hoje gere discussão no mundo da gastronomia). A receita chegou pelos nossos colonizadores, os portugueses, ou pela criatividade dos escravos?

 As cocadas de chocolate e à branca (nota 10)!

As cocadas de chocolate e à branca (nota 10)!

Bom, seja qual for a sua origem, a mais famosa é a do Brasil – e o Radisson segue à risca a tradição, com sabor de cinco estrelas.

A caipirinha de limão, brinde de boas vindas

A caipirinha de limão, brinde de boas vindas

 

Origens, Radisson Maceió

Av. Dr. Antônio Gouveia, 925 – Pajuçara – Telefone:(82) 3202-4900.  Aceita cartões

Feijoada - Aos sábados R$ 45,90 + 10% (por pessoa) com direito a todos os itens de feijoada mais os doces (não é por quilo, come-se à vontade). A primeira caipirinha é por conta da casa. Para animar, tem samba de raiz.

 

Na feijoada do Radisson tem o bom samba

Na feijoada do Radisson tem o bom samba do João do Cavaquinho (Viçosa)

Postado às 13:37, Nide Lins 9 comentários postado em Geral |
9 respostas para “Feijoada com mais de 40 itens”

Alagoano de Pés no chão escreveu:
11/02/2014 as 17:02

Sra Nide Lins, Sua colocação foi muito infeliz… O problema não é ganhar mal! Hoje em dia mesmo ganhando bem temos que manter os pés no chão, a Sra deve achar barato pq com certeza não paga quando come. Esse preço é um absurdo!!! É um absurdo sair para almoçar com minha esposa e gastar mais de R$90,00 pra comer “FEIJOADA”.

    Nide Lins escreveu:
    12/02/2014 as 11:53

    Bom dia Silvio. Sou jornalista especializada em gastronomia e recebo convite para conhecer os restaurantes e alguns não pago quando vou fazer mateira, alias isto acontece com qualquer jornalista neste segmento em qualquer parte do Brasil. A exemplo do repórter que cobre Esporte, não paga para assistir o jogo.
    Mas só publico quando a comida é boa, tem qualidade e história. Para esclarecer, pago as minhas contas e muitos destes lugares eu pago e com muito orgulho. Meu blog divulga as coisas boas de Alagoas, entre elas gastronomia e turismo. E Fico feliz que muitos leitores me seguem, e principalmente os pequenos empreendimentos aumentaram as vendas e ganharam visibilidade com meu blog.
    Mas viva a democracia que a gente pode discordar. Um abraço e grata pela leitura

    vale ressaltar que alimentos tem custo, principalmente no hotel, tem chef, cozinheiro, garçom, ajudante de cozinha, ou seja, é uma equipe de trabalhadores que fazem as comidas. Setor de Alimentação fora do lar também gera emprego e renda. E lógico os custos trabalhistas estão inclusos na hora que se paga um prato de comida.

Dar valor ao que é bom escreveu:
12/02/2014 as 11:23

Bom, já estive diversas vezes na feijoada do Radisson, e creio ser justo o valor cobrado pela “FEIJOADA”, uma vez que estamos falando de um excelente atendimento, uma diversidade de pratos fantástica, que não se resume apenas a feijoada , mas saladas, sobremesas, mesa de caldinho, caipirinhas com frutas deiversas. O ambiente é climatizado, seguro, e muito zelosos no que diz respeito a segurança alimentar. A feijoada é composta de uma variedade de carnes e acompanhamentos digna de um hotel do porte Radisson, o qual figura entre os melhores hoteis do nosso Brasil.Vale a pena com certeza !!!!

    Nide Lins escreveu:
    12/02/2014 as 11:34

    Bom dia Fabio, vale ressaltar que alimentos tem custo, principalmente no hotel, tem chef, cozinheiro, garçom, ajudante de cozinha, ou seja, é uma equipe de trabalhadores que fazem as comidas. Setor de Alimentação fora do lar também gera emprego e renda. E lógico os custos trabalhistas estão inclusos na hora que se paga um prato de comida.

SEBASTIAOIGUATEMYRCADENACORDEIRO escreveu:
12/02/2014 as 21:12

ACHO QUE VOCÊ ESTÁ CERTA , GATA ! VOU PEDIR UM
EMPRÉSTIMO CONSIGNADO NO ESTADO E VOU ALMO-
ÇAR LÁ , QUALQUER DIA DESTES . . . HAN . . . DENTRE
ESSES 40 ITENS , SERÁ QUE TEM WHISKAS DE COR-
DEIRO AO MOLHO ? MEUS GATOS APRECIAM ESTE
ITEM . . . SERÁ QUE O ACESSO DELES É PERMITIDO ?
QUANDO EU ERA GLUTÃO ( COMIA UM TONHO INTEI-
RINHO ) , CERTAMENTE EU FARIA JUS AO DESAFIO
PANTAGRUÉLICO , PORÉM , ATUALMENTE , ANDO MAIS
FRAQUINHO DO QUE CALDO DE PEIXE . . . ÔMI !

Anthony escreveu:
14/02/2014 as 7:56

Nunca comi feijoada no Radisson, mas concordo com preço. Sou acostumado a preparar feijoada (das boas,dizem) e sei o quanto sai caro preparar essa delícia, seguindo a receita a risca. Feijoada tem que ter bastante carne a disposição. Charque é a estrela: tem que ter bastante charque, de preferência em cubos graúdos,paio,bacom,lombinho de porco,costela. Evite pelo amor de Deus: ‘livro” bucho,tripa e correlatos. Um dia te convido para comer minha feijoada. Mas será cortesia, com certeza! bjs.

    Nide Lins escreveu:
    14/02/2014 as 8:33

    Antony, muito grata pelo carinho e pela futura cortesia, mas levo cervejas para acompanhar. grande abraço. nide lins

Calabar escreveu:
15/02/2014 as 7:08

Oh!cara quer aparecer? Vai fazer uma dessas e comer no fundo do quintal ou num AP de quarto e sala. Ver quanto tu gastas? Comer num bom ambiente com ar refrigerado(sua morada ventilador) pessoas bonitas e um bom atendimento. Trabalhamos para para também desfrutar dos prazeres da carne e do espírito de uma forma saudável e prazerosamente.

Fato escreveu:
17/02/2014 as 12:23

Calabar, não é proibido colocar ar condicionado em casa sabia? … se na tua tem ventilador o problema é teu … que o restaurante é careiro é, isto é fato.

Utilize o espaço abaixo para deixar sua opinião:

Arquivos